A premiação do Latin America’s 50 Best Restaurants, único prêmio de gastronomia da América Latina,O D.O.M. ficou em terceiro lugar, mantendo seu título de Melhor Restaurante do Brasil.

Em uma cerimônia colorida e animada, o restaurante peruano Central conquistou o 1º lugar da edição de 2016 do Latin America’s 50 Best Restaurants, patrocinado pela S.Pellegrino & Acqua Panna. O anúncio foi feito nesta noite no Centro Cultural Roberto Cantoral, na Cidade do México, em um evento que celebra o fino da gastronomia latino-americana e apresenta seus melhores chefs.

Tendo recebido o prêmio pelo terceiro ano consecutivo, os chefs e proprietários do Central, Virgilio Martínez e Pía León, continuam a trabalhar na vanguarda da gastronomia, moldando uma culinária peruana que está em constante evolução e é notável por sua qualidade e inovação.

O Maido, também de Lima, no Peru, ficou em segundo lugar, enquanto o D.O.M., de São Paulo, conquistou o terceiro lugar. Em quarto veio o Boragó, do Chile e em quinto veio o Pujol, o mais bem colocado restaurante do México – país que sediou a cerimônia – seguido pelo conterrâneo Quintonil no sexto lugar.
O Brasil teve nove restaurantes contemplados ao todo, sete dos quais já estiveram nas outras edições, entre eles o Lasai, o Maní e o Olympe, e duas novas entradas, com o Tuju e A Casa do Porco – que conquistou o prêmio de Highest Entry.

Anúncio da premiação
Anúncio da premiação

Alguns prêmios previamente anunciados nas semanas que antecederam a cerimônia também foram oficialmente entregues, sendo eles o The Diners Club® Lifetime Achievement Award, a Claude Troisgros do Olympe (Río de Janeiro, Brasil); o Best Female Chef Award a Kamilla Seidler do Gustu (La Paz, Bolívia); e One To Watch Award ao restaurante Alcalde (Guadalajara, México).

Neste ano, o Panamá e o Paraguai são representados na lista pela primeira vez, com a inclusão do Maito (36) e do Tierra Colorada Gastro (47), respectivamente. A lista contou com restaurantes de 11 países – mais do que em todas as outras edições –, o que reflete a crescente qualidade da gastronomia na América Latina, bem como o maior reconhecimento de destinos antes menos explorados.

Veja colocação dos Brasileiros

D.O.M (3º)
Maní (8º)
Olympe (17º)
Lasai (18º)
A Casa do Porco (24º)
Roberta Sudbrack (25º)
Mocotó (28º)
Remanso do Bosque (44º)
Tuju (45º)

Compartilhe nas redes sociais!

0 Comments Join the Conversation →


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *